Com a crise econômica, as empresas necessitam cada vez mais manter seu orçamento empresarial ajustado. A gestão orçamentária é uma das tarefas mais difíceis e mais importantes, pois ela precisa estar sempre de acordo necessidades da companhia.

Fazendo o planejamento econômico e financeiro, a empresa consegue analisar os custos e despesas de forma crítica de modo a reduzi-los e fazendo cortes dentro do possível; analisar a real necessidade do investimento, realizando projetos de viabilidade; como também verificar a capacidade de melhorar as receitas a partir de novas oportunidades de mercado.

A gestão eficiente do orçamento assegura o êxito no seu resultado e gestão de seus projetos. No entanto, o orçamento não é só uma ferramenta do setor financeiro e sim de todos os setores da empresa, que em conjunto procuraram gerar resultados positivos e bater as metas.

Veja a seguir algumas dicas para te ajudar na gestão do orçamento empresarial!

Elaboração do orçamento empresarial

Para elaborar um orçamento, o gestor deve primeiramente traçar uma meta para a empresa, definindo a lucratividade, a rentabilidade, a liquidez e o risco. Com isso definido, deve dividir em dois grandes grupos: as receitas e as despesas.

A apuração da receita deve ser bem fidedigna, respeitando o princípio da prudência e checando a inadimplência. Para apuração da inadimplência, sempre leve em consideração o cenário do ano anterior e o cenário econômico do país para o próximo ano.

As despesas devem ser analisadas com cautela, checando custo de pessoal, custo operacional, despesas administrativas e investimentos/melhorias.

Muitas empresas elaboram os orçamentos projetando trimestralmente, semestralmente, anualmente, ou até mesmo os próximos 3 anos, dependendo do segmento de atuação.

Gestão e controle do orçamento

Feito o orçamento, o gestor deve acompanhar de perto a execução. Mensalmente, ele deve analisar o relatório das informações orçamentárias com as informações financeiras (executadas), comparando o que foi previsto e o que foi efetivamente realizado. Essa é a parte mais importante da gestão orçamentária, então se atente bem aos números.

Para facilitar a vida dos gestores financeiros, hoje em dia temos sistemas de gestão empresarial integrada que auxiliam no controle financeiro e orçamentário. Nesses sistemas, os gestores podem projetar o orçamento anual com as receitas e despesas, o financeiro de acordo com os recebimentos e pagamentos, alimentar o sistema e acompanhar mensalmente os relatórios gerenciais, fazendo os ajustes necessários.

Revisão orçamentária 

O orçamento pode ser ajustado a qualquer momento, por isso é importante acompanhar sempre de perto. Se uma conta estourou ou perdeu uma receita, basta analisar todo o cenário e fazer uma nova projeção mais precisa. Imprevistos, mudança de cenário econômico e alteração de carga tributária, por exemplo, são fatores que nem sempre conseguimos prever com antecedência. 

Diante disso, podemos perceber a importância de gerenciar o orçamento empresarial e monitorar as informações acerca da situação financeira da empresa, fazendo os ajustes necessários para bater as metas estabelecidas. 

Como pudemos perceber, o orçamento é muito importante para o sucesso da empresa, então siga nossa página no Facebook e fique sempre ligado nos conteúdos que preparamos para te ajudar nessa e em outras questões.