Como manter a harmonia entre os objetivos da empresa e as competências das equipes de colaboradores? Desafio para qualquer empresa, a gestão de desempenho busca a máxima eficiência operacional a fim de produzir valor e aumentar a competitividade do negócio.

Muito além de boas ações da área de recursos humanos, essa prática de administração exige o uso de ferramentas adequadas para alcançar o sucesso.

Após a leitura deste post, você vai entender o que é gestão de desempenho, quais são os benefícios de adotá-la e como a tecnologia é uma aliada importante para introduzi-la no seu negócio. Preparado? Vamos lá!

O que é gestão de desempenho?

O objetivo da gestão de desempenho é proporcionar o entendimento equilibrado entre direção e colaboradores daquilo que deve ser alcançado pela empresa. Esse conceito defende o alinhamento das metas e dos objetivos com as habilidades, as competências, os planos de desenvolvimento e os resultados alcançados pelo corpo de funcionários da organização.

Dessa forma, a gestão de desempenho busca aperfeiçoar a prática a partir do aprendizado e do treinamento, fazendo com que o negócio esteja preparado para executar sua estratégia de crescimento. Para ter sucesso, deve reunir diferentes recursos, incluindo tecnologias específicas, a fim de desenvolver equipes eficientes.

Nesse sentido, é preciso introduzir ferramentas e processos adequados para permitir que os colaboradores desenvolvam ao máximo os seus potenciais e, assim, atinjam os melhores resultados possíveis. Será responsabilidade da administração de desempenho:

  • apontar funções e responsabilidades;
  • determinar as habilidades e os pré-requisitos para cada cargo;
  • garantir que os colaboradores tenham as competências determinadas;
  • proporcionar processos de progresso de competências;
  • introduzir tecnologias que melhorem a compreensão do desempenho das equipes;
  • dar feedback;
  • recompensar o alcance de objetivos.

Quais os benefícios da gestão de desempenho para a empresa?

A gestão de desempenho oferece diversas vantagens para a empresa. Como veremos a seguir, ela fortalece equipes, desenvolve potencialidades, aponta problemas e identifica talentos. Entenda:

Fortalece equipes

A correria e o fluxo de trabalho do dia a dia podem fazer com que colaboradores percam o foco nos objetivos da empresa. Nesse sentido, a gestão de desempenho garante que os componentes da equipe mantenham a visão e o propósito do negócio. Desse jeito, o grupo de trabalho permanece coeso e fortalecido.

Desenvolve potencialidades e aponta problemas

O feedback proporcionado pela gestão de desempenho estabelece um fluxo de comunicação eficaz entre líder e liderados. Isso permite identificar pontos fortes e fracos na equipe.

A partir dessa avaliação, é possível desenvolver as potencialidades e agir para reduzir eventuais lacunas na formação e nas habilidades dos colaboradores. Assim, o gestor consegue identificar os treinamentos corretos para suprir eventuais necessidades.

Identifica talentos

Ao monitorar os progressos e a produtividade, a gestão de desempenho consegue identificar talentos em meio às equipes. Dessa maneira, a empresa é capaz de premiar aqueles que se destacam e seleciona os colaboradores certos para assumir posições estratégicas do negócio.

Como a tecnologia pode contribuir para a gestão de desempenho?

A tecnologia é uma aliada importante para introduzir de modo efetivo a gestão de desempenho na empresa. A instalação de um software que reúna todas as informações operacionais, como um sistema ERP, permite que gestores e colaboradores acompanhem os indicadores e compreendam de maneira exata como está o andamento do negócio.

Assim, a organização consegue ajustar pontos cuja execução não está sendo realizada conforme o planejamento estratégico. Esse sistema integrado possibilitará também a visão geral da empresa.

Dessa forma, é possível analisar a correlação entre as áreas e apontar aquelas que mais estão contribuindo para o sucesso do negócio e quais precisam de uma ação de melhoria.

Entenda, a seguir, os benefícios de contar com uma ferramenta específica para a gestão de desempenho.

Automação de processos

A primeira vantagem observada por empresas que adotam softwares de gestão é a automação de processos. A possibilidade de realizar tarefas automaticamente, a partir da ação da tecnologia, faz com que etapas de processos sejam encurtadas de maneira significativa.

O que antes seria realizado manualmente, por meio da atividade de um colaborador, torna-se automático. Esse ganho possibilita que os recursos humanos sejam designados para áreas estratégicas, sem que seja necessário utilizá-los para tarefas burocráticas.

Além disso, a automação é a chave para os ganhos que descreveremos nos demais itens deste tópico.

Redução de erros

A tecnologia aplicada à gestão de desempenho permite que a empresa mantenha uma frequência satisfatória de análise com a menor incidência de erros possíveis. Em um cenário em que um software não é utilizado, a chance de informações serem ignoradas por imperícia é grande.

Aderência aos processos de cada área

A aderência de um software significa a capacidade que ele tem de se adaptar aos processos da empresa. Para que um sistema ERP seja efetivo, por exemplo, é preciso que ele funcione em total acordo com o formato de trabalho de cada departamento.

Caso não exista essa flexibilidade, a tecnologia não terá todo o potencial utilizado e a empresa não ganhará tanto em produtividade.

Aumento da produtividade

Um software proporciona total precisão em dados. Além disso, possibilita aferir informações e elaborar gráficos comparativos entre períodos de forma imediata. Essas facilidades aumentam a produtividade da empresa.

Sem essa tecnologia, esse aprofundamento seria muito mais complexo, exigindo tempo e recursos do negócio. Essa vantagem permite que a empresa tenha uma análise completa do desempenho dos setores e de cada um dos colaboradores.

A gestão de desempenho, portanto, deve ter apoio da tecnologia para que a empresa consiga aproveitá-la em sua plenitude. Os softwares utilizados com esse objetivo permitem aumentar a produtividade das equipes, reduzir a incidência de erros e automatizar processos. Além disso, para que todos os recursos sejam utilizados na totalidade, a ferramenta precisa ser maleável a fim de aderir ao fluxo de procedimentos do negócio.

A partir dessas condições, a empresa consegue aproveitar todos os benefícios proporcionados pela gestão de desempenho, como a consolidação dos grupos de trabalho, o desenvolvimento de potencialidades, o mapeamento de problemas e a identificação de talentos. Tais condições são importantes fontes para o crescimento da organização.

Gostou do post? Quer ter acesso a mais conteúdos como este? Então, assine a nossa newsletter para receber as atualizações do blog diretamente em sua caixa de entrada!

Powered by Rock Convert