São muitas as características que você deve observar em seu negócio antes de pensar em atrair investimento estrangeiro. A começar pelo modelo de negócio, que deve ser orientado para um crescimento estável, o que significa dizer que, em tese, você, empreendedor, já deveria ter considerado essa possibilidade desde a concepção do empreendimento.

No entanto, adequações ao longo do processo são perfeitamente possíveis. O que não se deve perder de vista na hora de procurar investidores de mercados de fora é saber em que estágio a sua empresa se encontra.

Isso porque as chances de conseguir investidores pode ser muito maior se o seu modelo de negócios já tiver se mostrado válido mediante o alcance de um faturamento expressivo, de ter características inovadoras e o potencial de ser replicado em escala superior que a atual.

Num mercado como o nosso, em que os juros praticados são uma questão a ser contornada, empreendimentos que comprovem sua estabilidade e potencial de mercado têm uma chance muito maior de serem escolhidos para receberem aporte financeiro.

Separamos 7 pontos a que se deve prestar atenção em sua empresa para atrair investimento estrangeiro. Confira!

Entenda em qual momento a sua empresa está

Buscar a ajuda de investidores de outros mercados é um passo muito importante para a sua empresa. Assim, é preciso ter clareza sobre as suas reais chances, então, é necessário usar bastante sinceridade.

Seu modelo de negócios já se mostrou efetivo ou ainda precisa de modificações? O seu faturamento atual se encontra dentro exigido de empresas do mesmo segmento que têm conseguido investimentos do porte que você está pleiteando? Seu negócio demonstra potencial de expansão ou já dá sinais de estar em um mercado em franca saturação?

Essas informações devem ser conhecidas do gestor antes de dar os próximos passos em direção à procura de apoiadores financeiros. Evite ser surpreendido negativamente. Conheça bem cada processo de sua empresa.

Saiba para que precisa atrair investimento estrangeiro

Qual é o seu objetivo ao levantar esse capital? Deseja aumentar o número de vendas? Adquirir novas tecnologias? Ampliar ou adquirir novas instalações?

Lembre-se de que você será amplamente questionado sobre todos os aspectos do plano de expansão do seu negócio — e não será diferente com a destinação desse aporte financeiro que você está pleiteando.

Comprove a estabilidade de seu modelo de negócios

É preciso que você compreenda que os investidores que atuam no Brasil geralmente são de mercados mais amadurecidos, e os critérios na hora de avaliar negócios e decidir pela concessão ou não de aporte financeiro são mais estritos e apurados.

Mais uma vez, tenha certeza de que seu faturamento é expressivo o suficiente para o tipo de investimento pleiteado e também de que terá a capacidade de produzir e vender na escala que será exigida da empresa uma vez concedido o investimento.

Escolha os indicadores de desempenho mais importantes para o seu tipo de negócio e os monitore constantemente. Mantenha seu controle financeiro e toda a documentação da sua empresa sempre em dia, pois essas certamente serão áreas verificadas antes da injeção do dinheiro no seu projeto.

Procure se apropriar dos jargões do seu segmento de negócios, pois você será inquirido sobre variados aspectos de seu empreendimento. Além disso, levante dados que reflitam a opinião de seus clientes sobre seus produtos ou prestação de serviços, mas certifique-se de que sejam dados comprováveis. Toda a sua apresentação deve ser baseada em informações passíveis de confirmação.

Tenha uma estratégia de expansão do seu negócio

É desejável que você já tenha uma estratégia de expansão do seu empreendimento. Não se esqueça de que pode ser exigido de você que dobre ou triplique seu faturamento em um prazo não tão longo assim.

Portanto, na hora de traçar sua estratégia de crescimento, procure identificar se seu negócio tem potencial para se expandir globalmente. Negócios com esse tipo de característica tendem a se sobressair aos com potencial restrito à atuação local por representarem uma chance maior de retorno financeiro.

Prepare-se para compartilhar poder com o investidor

É preciso que você considere seriamente se deseja abrir mão de parte da influência que exerce sobre seu empreendimento. O investidor terá um assento na direção de sua empresa e controle acionário, com direito de voto e — muito provavelmente — de veto.

Outro ponto a se considerar é que, muitas vezes, o investimento em longo prazo pretende que aquela empresa seja vendida, o que pode lhe afastar ainda mais do centro de decisão. Ou seja, se seu negócio é algum tipo de empresa familiar cujo controle majoritário você pretende que permaneça sob sua tutela e de seus sucessores, a abertura para grandes investidores deve ser estudada com muito mais cautela do ponto de vista da governança.

Use sua rede de contatos para atrair investimento estrangeiro mais rápido

Via de regra, empresas que já contam com a participação de investidores nacionais costumam conseguir acessar investidores estrangeiros muito mais rapidamente, devido à rede de contatos que acaba se formando.

A qualidade dos investidores também costuma ser superior nesses casos, uma vez que fica mais fácil encontrar outros investidores com afinidade com seu segmento de negócios entre pessoas que já investem nele e por meio delas.

Procure contar uma boa história

Não subestime o poder da empatia. É bem verdade que o que vai pesar na hora da concessão ou não de um investimento são os dados apresentados. É muito importante apresentar um caso sólido. Mas a forma como você vai estruturar sua apresentação deve ressaltar sempre os pontos positivos que você tem a apresentar.

Esteja aberto a todas as possibilidades e tenha em mente que você pode sair de mãos vazias. Até mesmo essas características podem ser usadas de forma a gerar uma impressão positiva do seu caso.

Procure aprender outro idioma, preferencialmente o inglês. Você não deve esperar ter que depender de um intérprete a cada vez que tiver que discutir qualquer assunto corriqueiro.

Como pudemos demonstrar, preparação é indispensável na hora de atrair investimento estrangeiro para o seu empreendimento. Estude muito, se dedique a conhecer profundamente o seu negócio e o segmento do mercado em que você atua e tenha clareza dos seus objetivos.

Tenha confiança e invista em uma comunicação de qualidade — você estará no caminho certo!

Gostou das informações? Então não deixe de assinar a nossa newsletter! Dessa forma, você não vai perder nenhum conteúdo novo!