A gestão financeira empresarial é uma grande aliada para o sucesso. O objetivo de fazer um planejamento para os negócios é antever e se preparar com a antecedência necessária para contornar possíveis desafios.

Este artigo mostra tópicos de gestão financeira empresarial que devem ser observados na montagem de um planejamento focado no aumento dos lucros. Confira!

Defina o objetivo da gestão financeira

O primeiro ponto na elaboração de um planejamento de gestão financeira empresarial é definir o objetivo do planejamento, como aumentar os lucros, por exemplo.

No entanto, apenas isso não basta — é preciso mensurar esse objetivo, transformando-o em valores e prazos. Um exemplo de objetivo bem definido seria aumentar os lucros em 8% no ano de 2017.

Faça estimativas para receitas e despesas totais e por setor

Como dito, planejar significa antever e se preparar para eventos futuros. Com base nisso, é bom antecipar em uma estimativa os números para receita e despesa no período delimitado. Essa projeção pode ser criada com base nos anos anteriores, ou até mesmo seguindo um padrão de mercado.

Com a estimativa de receitas e despesas pronta, avalie se o crescimento do lucro definido no objetivo se encaixa ao cenário desenhado. Em caso afirmativo, siga o planejamento. Contudo, se o objetivo não se encaixar nas projeções, veja o que será possível alterar e efetivamente tornar aquilo real para que o objetivo seja cumprido ao final do prazo.

Desenhe diferentes cenários

As flutuações da economia podem impactar bastante a concretização do objetivo de um planejamento. Dessa forma, é preciso que o gestor se prepare não apenas para momentos bons, como também para momentos de instabilidade.

Assim, montar a gestão financeira empresarial considerando diferentes cenários econômicos traz maior adaptabilidade ao negócio e garante mais agilidade nas mudanças de curso.

Monte um planejamento financeiro para cada cenário, considerando que se pode atingir o aumento de lucro objetivado, outra perspectiva com redução do lucro e, por fim, um cenário central mais neutro de lucro positivo, mas menor do que o traçado no objetivo.

Com base nisso, você poderá planejar as ações a serem tomadas de acordo com cada situação, buscando levar o objetivo planejado à sua completa realização — ou o mais próximo disso.

Acompanhe os indicadores e faça correções necessárias

O acompanhamento da evolução do negócio é muito importante para entender se o que está sendo colocado em prática está condizente com a gestão financeira empresarial previamente definida.

No caso do foco em aumento de lucros, o acompanhamento de KPIs (Key Performance Indicator, ou Indicadores-Chave de Desempenho) pode ser feito com relatórios de vendas, lucratividade e balanço patrimonial.

Por vezes, parece que as coisas estão no caminho certo, mas não estão. E é isso que os indicadores de desempenho vão te mostrar.

Além disso, a avaliação periódica pode mostrar inconsistências na prática em relação ao que foi planejado. Usando isso a seu favor, faça as correções necessárias o mais rápido possível, com o intuito de levar os números reais ao encontro dos estabelecidos no planejamento.

Para ter acesso a mais artigos como esse e melhorar a geração de lucros e a administração de sua empresa, siga-nos no Facebook, Twitter e LinkedIn!