Com o uso crescente de tecnologia dentro das empresas, o software integrado é uma solução cada vez mais aplicada. Se for escolhido de acordo com as necessidades principais do negócio, o sistema é capaz de trazer benefícios importantes para a integração de setores e melhoria dos resultados, em geral.

O que também vale a pena ser observado é que ele pode estar ligado à gestão de pessoas e trazer benefícios específicos e importantes para esse setor. Leia o post e entenda quais são os impactos na gestão de RH, a partir do uso de um software desse tipo.

Acelera e dinamiza os processos

A área de Recursos Humanos é dinâmica e possui diversas atividades que devem ser cumpridas em tempo hábil. É necessário fazer uma seleção adequada de pessoas, assim como acompanhar resultados, mediar conflitos e favorecer a integração.

Na maioria dos casos, todos esses processos acontecem simultaneamente, o que exige cuidado para que tudo seja cumprido. Porém, a realização manual das etapas faz com que muito tempo seja gasto na conclusão delas.

Com um software que se integra à gestão de pessoas, os processos ficam automatizados, com menos tempo e mantendo a qualidade. Isso aumenta a capacidade de atuação do setor e ajuda a garantir que ele cumpra com todas as suas obrigações.

A diminuição do tempo gasto também leva a um aumento de produtividade e de capacidade de atuação do setor, sem ser necessário aumentar a equipe. Para grandes empresas com um número grande de funcionários, isso significa melhor atendimento às necessidades de todas as pessoas do negócio.

Qualifica a gestão de recursos humanos

Um dos efeitos mais importantes quanto ao uso do software integrado é que ele ajuda a qualificar a gestão de RH, tornando-a cada vez mais estratégica.

Graças aos seus recursos, a gestão consegue acompanhar melhor os resultados de desempenho dos colaboradores e como anda o clima organizacional. Assim, melhora o planejamento de treinamentos e de ações que aumentam os resultados em diversos sentidos.

Isso também favorece a tomada de decisão em vários outros pontos. Cruzando as informações de desempenho de cada colaborador, dá para identificar, com precisão, quais são as características desejadas de cada vaga. Isso melhora a seleção e favorece a contratação de pessoas altamente alinhadas com o propósito do empreendimento, por exemplo.

No geral, toda a gestão sai favorecida, atuando de maneira a contribuir para o crescimento da empresa e para a integração dos colaboradores.

Favorece o desenvolvimento de talentos internos

Essa transformação estratégica do setor também tem a ver com o desenvolvimento de talentos internos. A questão é que nem sempre o negócio precisa ou deve recorrer a quem está fora da empresa.

Capacitando quem já conhece os processos e a cultura organizacional, há uma grande economia e, principalmente, uma atuação com mais chances de sucesso. Treinar um colaborador para que ele se transforme em líder, por exemplo, é muito mais simples e adequado do que contratar um profissional com essas características.

Graças ao sistema integrado, isso é possível. Dá para reconhecer mais facilmente as características e as necessidades de cada profissional, de modo a determinar qual é o mais indicado para ser desenvolvido.

Contribui para o engajamento e a motivação

Uma gestão de recursos humanos profissional e mais estratégica também atua diretamente no posicionamento dos colaboradores em relação à empresa.

Graças ao dinamismo de dados e ao uso de recursos que facilitam a administração dos funcionários, há um aumento considerável de engajamento e motivação. O pessoal se sente valorizado pelo treinamento e fica satisfeito com o clima organizacional, por exemplo.

A diminuição de erros, como na hora de rodar a folha de pagamento, também contribui para que os profissionais fiquem mais integrados à organização.

Assim, há uma maior motivação, o que leva a um aumento de produtividade e de permanência dos colaboradores dentro da empresa.

Otimiza a comunicação em vários níveis

Em parte, essa satisfação também tem a ver com a melhora nos níveis de comunicação. Um sistema integrado, por si só, ajuda diversos setores e profissionais a terem conhecimento e visibilidade sobre o negócio.

Aplicando-o aos recursos humanos, existe maior entendimento sobre a equipe, suas necessidades e possibilidades. Assim, essa ferramenta ajuda os gestores a oferecem feedback de maneira consistente e com frequência.

Além de melhorar a comunicação entre gestores — inclusive e principalmente os de áreas diferentes —, também há melhor troca de informação entre gestão e colaboradores e mesmo entre os profissionais de uma equipe.

Diminui os custos

Esse sistema também é muito importante para a diminuição dos custos, principalmente dentro do longo prazo.

Em primeiro lugar, ele acelera as tarefas e amplia a produtividade, diminuindo os gastos para o cumprimento de obrigações do RH. Além disso, reduz os erros e retrabalhos, evitando a perda de tempo e de dinheiro.

Os treinamentos, por sua vez, ficam mais efetivos porque há melhor reconhecimento sobre quais são as necessidades. Assim, os recursos são investidos no que vai realmente fazer a diferença, melhorando a aplicação do dinheiro e evitando gastos que não contribuem para a melhoria dos resultados.

Indo além, há uma redução na taxa de rotatividade, o que diminui a perda de conhecimento e os custos necessários para contratar novas pessoas.

Incrementa a competitividade

Todos esses fatores, associados às outras vantagens de usar um software integrado, contribuem para o ganho de competitividade do empreendimento.

A diminuição de custos, por exemplo, permite que o negócio faça investimentos cada vez maiores em outras melhorias, conseguindo resultados diferenciados em relação à concorrência.

Ter uma equipe mais capacitada e engajada também é um ponto muito importante para a competitividade, já que essa configuração específica nenhuma outra empresa pode copiar. Desse jeito, há efeitos que são sentidos até mesmo pelos clientes, que ficam mais satisfeitos e fidelizados.

Com o software integrado à gestão de pessoas, é possível obter melhoria nos níveis produtivos, diminuir os custos e aumentar a retenção de talentos. Tudo isso contribui para a competitividade, especialmente quando tais efeitos são associados às demais vantagens dessa solução em relação aos outros setores.

Para saber como aplicar isso em sua empresa, baixe agora o nosso guia gratuito com informações sobre a integração e a automação de processos!