Inovação na gestão: como aplicar e quais os impactos para empresas?

6 minutos para ler

Muito se fala sobre inovação na gestão, especialmente diante de um cenário de alta concorrência, no qual diversas empresas se esforçam para crescer e competem pela atenção e preferência dos clientes.

No entanto, a cultura da inovação tem uma premissa que vai muito além da implementação de novos processos e soluções no ambiente corporativo: ela fala sobre sair da mesmice e promover novas formas de fazer negócios e firmar parcerias. É sobre ser mais criativo e pensar para criar um caminho para o futuro. 

Nesse sentido, a proposta é fugir da rotina, reinventar-se e investir em tecnologia e originalidade para aperfeiçoar métodos de trabalho — e lucrar muito com isso. 

Quer saber mais sobre o assunto e como alinhar suas estratégias com essa energia de um pensamento mais inventivo? Continue a leitura deste post e saiba como essa novidade pode beneficiar seu negócio. Acompanhe!

O que é cultura de inovação?

Uma empresa funciona como uma máquina: são vários os elementos e mecanismos que a compõe, e ela pode passar muito tempo funcionando bem — salvo um ajuste aqui e outro lá.

Todavia, com o tempo, suas engrenagens podem enferrujar e seus componentes se tornam obsoletos se ela não passar por revisões e atualizações. Logo, outros aparelhos mais modernos despontam no cenário, prometendo serviços ainda mais rápidos e eficientes. 

Nessa lógica, podemos entender que mesmo uma instituição que apresenta bons resultados e permanece há anos no mercado precisa, de tempos em tempos, refinar suas estratégias e reciclar seus conhecimentos, processos, princípios e abordagens. Caso contrário, ela corre o risco de ficar para trás e se fossilizar.

Essa é justamente a proposta da cultura da inovação: rever todos os aspectos da gestão e promover mudanças positivas que favoreçam rotinas e pensamentos remodelados, mais atuais e arrojados, para que o negócio continue evoluindo. 

Qual a importância de investir nessa ideia?

Além de garantir a relevância e sustentabilidade do negócio, a inovação na gestão viabiliza uma visão mais abrangente da corporação, em que problemas e oportunidades são observados por outros ângulos e, assim, a empresa se prepara melhor para imprevistos e transições. 

A otimização e desburocratização de processos é um passo importante na cultura da inovação. Isso acontece porque um de seus maiores objetivos é estabelecer respostas e operações mais rápidas, produtivas e criativas — o que inclusive colabora para a redução de custos.

Em suma, investir nesse conceito é adotar uma perspectiva mais inventiva, que ajude gestores a repensar métodos para tomar decisões mais favoráveis

Como implementar uma cultura de inovação na empresa?

A inovação na gestão começa por meio da mudança de hábitos e incorporação de novas soluções e conceitos. Acima de tudo, os gestores e colaboradores devem manter a mente aberta e entender que inovar é uma atitude diária, algo que vai ser construído aos poucos.

Confira 3 dicas para dar o pontapé inicial nessa transformação em sua empresa. 

1. Valorize novas ideias e criatividade no ambiente corporativo

Nunca se sabe de onde um pensamento inovador pode surgir. A verdade é que qualquer pessoa da equipe pode ter uma ótima ideia. Portanto, o ideal é incentivar o pensamento transformador e progressista entre os colaboradores e, sem dúvidas, dar valor às contribuições que aparecerão.

Não faz sentido querer instalar uma cultura da inovação em uma empresa para que ela fique restrita aos executivos. Todo o time deve estar envolvido, e as pessoas precisam ser ouvidas e reconhecidas.

Com certeza, algumas concepções precisam ser refinadas e avaliadas conforme sua viabilidade e funcionalidade. Entretanto, o objetivo é mostrar à equipe que suas propostas são muito bem-vindas.

Desse modo, a produtividade como um todo ganhará novos contornos, e sugestões cada vez mais criativas fluirão espontaneamente. 

2. Conte com a tecnologia

tecnologia é um elemento indispensável para que a empresa permaneça alinhada e com um contexto contemporâneo.

Tomar uma posição resistente não combina com a inovação na gestão, pelo contrário: o intuito é usufruir de tudo o que os sistemas digitais têm a oferecer e verificar o que pode ser melhorado.

Alguns exemplos de como a tecnologia pode ser uma grande aliada são:

  • adoção de softwares que integram informação e fluxos de trabalho — como o ERP (Enterprise Resource Planning) —, permitindo a melhor distribuição e monitoramento das tarefas, minimizando retrabalho e erros; 
  • informatização de processos, que favorecem a redução de custos e ganho de tempo; 
  • desburocratização da gestão e emissão de documentos;
  • análise de dados, que contribui para uma visão minuciosa dos resultados e da performance da empresa. 

3. Incentive o aprendizado e melhoria contínua 

Ser inovador não significa acertar sempre. A finalidade é exatamente explorar novos caminhos, correr riscos e ter iniciativas sem medo de errar. Para isso, é crucial que a liderança motive a participação das pessoas e estimule interações contínuas.

Além disso, é indispensável continuar aprendendo e se informando sobre todos os assuntos pertinentes para garantir uma troca saudável de boas ideias. 

Quais os impactos e benefícios da inovação na gestão de uma empresa?

Ao desenvolver um foco inovador, a empresa tem muito a ganhar. Conheça as 3 principais vantagens dessa empreitada: 

1. Aumento da eficiência 

Com sistemas qualificados e gestão aprimorada, gargalos e processos arcaicos são identificados e ajustados mais rapidamente. Em seu lugar, são adotadas atividades mais inteligentes, econômicas e produtivas, com foco na eficácia. 

2. Retenção de talentos 

Quando os gestores dão espaço e voz aos colaboradores, eles se sentem parte do negócio e trabalham mais para fortalecer a instituição e desenvolver suas habilidades.

Assim, a empresa tem a oportunidade de contar com pessoas que se empenham em entregar os melhores resultados e explorar seu potencial criativo. 

3. Postura proativa 

Quais serão as novas tendências do mercado? Em vez que esperar respostas, impulsione o trabalho inovador, encorajando sua equipe a pensar de forma crítica e dinâmica sobre o cenário atual, os problemas e o futuro.

Com essa mudança de pensamento e o auxílio da tecnologia, sua empresa pode sair na frente da concorrência, antecipar demandas, resolver impasses e, dessa forma, ser a primeira a propor as soluções que os clientes vão desejar.

Introduzir a inovação na gestão não é somente uma alternativa perspicaz para ter bons resultados, mas uma necessidade para a sobrevivência de um negócio. Abraçar a tecnologia e o pensamento fora da caixa é uma prática fundamental para manter uma empresa atualizada e engajada com o futuro. 

Gostou deste post sobre inovação na gestão? Quer ler mais sobre esse e outros assuntos relevantes? Então, assine nossa newsletter e seja o primeiro a receber nossos conteúdos e novidades por e-mail! 

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This